CBN - A rádio que toca notícia

DISCURSO

Juízes cometem ilícitos e devem ser punidos, diz ministro Fachin

Em discurso na sede do TRE-PR (Tribunal Regional Eleitoral do Paraná), Fachin não citou exemplos de ilegalidades. Também não falou especificamente sobre os processos da Lava Jato

08/07/19, 17:59

E

m meio à repercussão do caso de Sergio Moro, que teve conversas com procuradores da Lava Jato divulgadas pelo portal The Intercept, o ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), afirmou nesta 2ª feira (8.jul.2019) que nenhum juiz está acima da lei e que, caso cometa ilícitos, deve ser punido sem que isso afete as instituições.

“Parlamentares cometem ilícitos e devem ser punidos, mas as instituições precisam ser preservadas. Juízes também cometem ilícitos e também devem ser punidos, mas as instituições devem ser preservadas. E assim se aplica a todos os atores dos Poderes e das instituições brasileiras, incluindo o Ministério Público e a administração pública. Ninguém está acima da lei, nem mesmo o legislador, nem o julgador, e muito menos o acusador”, disse.

A afirmação foi feita em discurso de aproximadamente uma hora em evento sobre a sistematização das regras eleitorais no TRE-PR (Tribunal Regional Eleitoral do Paraná), em Curitiba.

Sem citar nomes específicos, Fachin disse ainda que nenhum juiz pode fazer de seu trabalho uma prerrogativa para facilitar “uma agenda pessoal ou ideológica”.

“Se o fizer dentro de qualquer instância do Judiciário, há de submeter-se ao escrutínio da verificação”, afirmou, referindo-se também aos procuradores do Ministério Público.

O ministro disse ainda que 1 juiz imparcial não recebe contraprestações e deve saber seus limites.

“A nossa tarefa se traduz em grande medida em autocontenção e limites. O juiz antes de tudo é juiz de si mesmo”, defendeu.

Na 6ª feira (5.jul.2019), conversa divulgada pela da revista Veja e pelo The Intercept mostrou o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da operação Lava Jato em Curitiba, comemorando com colegas do MPF o resultado de 1 encontro com o ministro Fachin.

“Caros, conversei 45 m com o Fachin. Aha uhu o Fachin é nosso”, disse em 1 grupo no aplicativo Telegram, em 13 de julho de 2015.

A expectativa era a de ouvir o ministro do STF sobre o assunto, mas Fachin evitou a imprensa antes e depois do evento.

Ainda no discurso, fazendo 1 histórico de crises pelas quais passaram as instituições brasileiras, Fachin disse que o STF foi chamado a responder, por exemplo, sobre os limites de atuação do Ministério Público e da PF (Polícia Federal), citando que os maiores poderes foram dados às duas instituições por “louváveis iniciativas especialmente de 2 presidentes da República”, sem citar nomes.

“É indisputável que injustiças possam ter sido cometidas e que devem ser em cada caso, nas particularidades dos fatos concretos, reparadas, se houver. É certo também que as respostas sem dúvida nunca foram ou serão satisfatórias para todos, há por exemplo os que gostariam agora de ver menos poderes para as polícias, menos competência para o MP, a minha aposta como juiz constitucional é num Brasil fiel à Constituição”, afirmou.

Ao final do discurso, Fachin falou sobre o ministro Teori Zavascki, morto em 2017 em 1 acidente aéreo, a quem sucedeu na relatoria dos processos da operação Lava Jato no STF.

“Aqueles que sabem demais às vezes se vão. (…) O destino foi cruel com o ministro Teori Zavascki, a quem sucedi em numerosas funções do tribunal, isso para ficar no exemplo que me é muito caro, próximo e doloroso”, disse.

Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
15/10/19, 19:27 | POLÍTICA - Braço direito dos Bolsonaros em SP é acusado de pegar salário dos assessores para 'rachadinha'
15/10/19, 14:03 | POLÍTICA - LULA: 'Bolsonaro está dando autorização para vender o Brasil'
15/10/19, 14:00 | POLÍTICA - STF investiga rede de fake news pró-Bolsonaro e ataques à corte
15/10/19, 12:32 | DESASTRE - Prédio residencial desaba em bairro de classe média de Fortaleza
15/10/19, 12:28 | OPINIÃO PÚBLICA - Maioria acredita que Lava Jato cometeu excessos, aponta pesquisa do mercado
15/10/19, 12:23 | POLÍTICA - Arminio Fraga: impeachment de Dilma e prisão de Lula foram retrocessos democráticos
15/10/19, 12:10 | EDUCAÇÃO - Dia do Professor: Educação enfrenta ameaças conservadoras e corte de verbas em governo Bolsonaro
15/10/19, 08:24 | EDUCAÇÃO - Cerca de 200 alunas participam do 1ª Torneio Meninas na Matemática
15/10/19, 08:20 | ESPORTE - Seleção brasileira encerra o ano enfrentando Argentina e Coreia do Sul
15/10/19, 08:14 | EDUCAÇÃO - Professores incentivam e alunos se tornam medalhistas em olimpíadas
15/10/19, 07:22 | CRIME ELEITORAL - PF faz buscas no PSL de Bolsonaro na investigação sobre laranjas na eleição
14/10/19, 19:52 | POLÊMICA - 'Não somos justiceiros', diz ministro do Supremo sobre prisão após condenação em 2ª instância
14/10/19, 15:57 | JULGAMENTO - STF vai julgar fim da prisão em segunda instância nesta quinta
14/10/19, 15:43 | JUDICIÁRIO - Ministro Celso de Mello nega HC que tentava derrubar o site The Intercept
14/10/19, 14:47 | CONFUSÃO - Deputados que devem ser expulsos do PSL esperam Bolsonaro
14/10/19, 14:41 | POLÍTICA - PSDB diz que Weintraub é a “doença terminal da Educação no Brasil”
14/10/19, 14:36 | POLÍTICA - Crise entre Bolsonaro e PSL fortalece Maia e o Congresso
14/10/19, 13:35 | ESPORTE - Invicto, Brasil chega ao tri na Copa do Mundo de Vôlei Masculino
14/10/19, 13:30 | JUSTIÇA - Supremo julga na quinta ações sobre prisão após segunda instância
14/10/19, 13:23 | VIOLÊNCIA - Homicídios e outros oito crimes violentos caem no 1º semestre
14/10/19, 12:12 | POLÍTICA - Major Olímpio pede para Bolsonaro internar Carluxo numa clínica psiquiátrica e ameaça ir à Justiça
14/10/19, 12:00 | POLÍTICA - Ato reúne milhares na Av. Paulista: ‘Defesa da liberdade de Lula é a defesa da democracia’
14/10/19, 11:56 | MEIO AMBIENTE - Justiça responsabiliza governo federal por derrame de óleo no Nordeste
14/10/19, 11:49 | POLÍTICA - Notas fiscais provam caixa 2 para a campanha de Bolsonaro e do PSL
14/10/19, 11:45 | INVESTIGAÇÃO - Ministro manda investigar relação entre rede de fake news pró-Bolsonaro e ataques ao STF
14/10/19, 08:40 | ESCÂNDALO - Lava Jato usou denúncia do sítio contra Lula para distrair público de crise com Temer e Janot e proteger colegas pocuradores
13/10/19, 20:48 | POLÍTICA - Filho de Bolsonaro chama senador de 'bobo da corte', e este rebate: 'Moleque'
13/10/19, 16:06 | TRANSPARÊNCIA - Tribunais de Contas entram na mira de entidades do controle social
13/10/19, 15:45 | ESPORTE - Zagueiro Marquinhos reconhece atuação ruim da seleção em Cingapura
13/10/19, 15:41 | IGREJA - Dez mil brasileiros participam da canonização da Irmã Dulce
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site