CBN - A rádio que toca notícia

ESCÂNDALO

Para cientista político, Moro cometeu “erro infantil” ao pedir afastamento

Rudá Ricci ressalta a falta de experiência política do ministro, alvo principal da "Vaza Jato"

09/07/19, 09:08

I

nadequado”. Assim, o cientista político Rudá Ricci qualifica o pedido de afastamento de Sérgio Moro do cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública entre os dias 15 e 19 de julho – confirmado pela edição desta segunda-feira (8) do Diário Oficial.

Para Ricci, doutor em Ciências Políticas pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), não fará bem ao governo Bolsonaro (PSL) a “folga” do ministro, ainda mais em meio à série de reportagens do The Intercept Brasil, em parceria com outros veículos de comunicação, que escancara a interferência do ex-juiz sobre procuradores da Lava Jato em Curitiba (PR). Fora do cargo, Moro lava as mãos para a crise que envolve seu nome, abre margem para especulações sobre sua agenda pessoal e perde a chance de prestar esclarecimentos à população.

“É inadequado porque coincide com o estreitamento dos vazamentos das conversas pelo The Intercept. Os últimos vazamentos deram um passo à frente nos ataques, porque agora demonstram que o que eles vazaram leva à possibilidade de discussão do crime de ‘lesa pátria’ [Moro e Dallagnol teriam tentado intervir na política venezuelana]. Isso já entra num campo muito mais grave, que é de traição à pátria. Politicamente, é um equívoco [o afastamento]”, afirma Ricci.

A assessoria do Ministério da Justiça divulgou nota em que afirma que o chefe da pasta estará de férias na próxima semana para “tratar assuntos particulares”. Segundo Ricci, esse episódio reforça a lista contínua de equívocos cometidos por Moro. “Não é possível que, após se expor tanto, o ministro cometa um erro tão infantil. Então, deve ter algo que não estamos entendendo muito bem em curso”, acrescenta. Com os elementos que vieram a público até o momento, não há, na opinião do especialista, uma estratégia que justifique essa tomada de decisão. Afinal, no cargo de ministro, o ex-juiz poderia continuar se defendendo das acusações; afastado, abre mão de rebatê-las.

Se o Intercept mantiver o fôlego para as denúncias, Ricci tem dúvidas sobre as condições políticas para permanência de Moro no cargo. “Ele era o político mais popular naquela época [do anúncio no ministério], mais do que o [ex-presidente] Lula, por incrível que pareça. A falta de experiência política dele é que fez ele cometer essa precipitação, porque ele não entende muito bem, hoje dá para perceber, como se opera a política brasileira. Em primeiro lugar, ela se opera a partir do Congresso Nacional e não do Executivo, e ele não tinha ideia disso”, analisa.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou uma nota em que explica que o afastamento de Moro se trata de uma licença não remunerada, prevista em lei. “Por ter começado a trabalhar em janeiro, o ministro não tem ainda direito a gozar férias. Então, está tirando uma licença não remunerada, com base na Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990”, informou a assessoria.
 
Fonte: JL/Brasil de Fato
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
15/10/19, 19:27 | POLÍTICA - Braço direito dos Bolsonaros em SP é acusado de pegar salário dos assessores para 'rachadinha'
15/10/19, 14:03 | POLÍTICA - LULA: 'Bolsonaro está dando autorização para vender o Brasil'
15/10/19, 14:00 | POLÍTICA - STF investiga rede de fake news pró-Bolsonaro e ataques à corte
15/10/19, 12:32 | DESASTRE - Prédio residencial desaba em bairro de classe média de Fortaleza
15/10/19, 12:28 | OPINIÃO PÚBLICA - Maioria acredita que Lava Jato cometeu excessos, aponta pesquisa do mercado
15/10/19, 12:23 | POLÍTICA - Arminio Fraga: impeachment de Dilma e prisão de Lula foram retrocessos democráticos
15/10/19, 12:10 | EDUCAÇÃO - Dia do Professor: Educação enfrenta ameaças conservadoras e corte de verbas em governo Bolsonaro
15/10/19, 08:24 | EDUCAÇÃO - Cerca de 200 alunas participam do 1ª Torneio Meninas na Matemática
15/10/19, 08:20 | ESPORTE - Seleção brasileira encerra o ano enfrentando Argentina e Coreia do Sul
15/10/19, 08:14 | EDUCAÇÃO - Professores incentivam e alunos se tornam medalhistas em olimpíadas
15/10/19, 07:22 | CRIME ELEITORAL - PF faz buscas no PSL de Bolsonaro na investigação sobre laranjas na eleição
14/10/19, 19:52 | POLÊMICA - 'Não somos justiceiros', diz ministro do Supremo sobre prisão após condenação em 2ª instância
14/10/19, 15:57 | JULGAMENTO - STF vai julgar fim da prisão em segunda instância nesta quinta
14/10/19, 15:43 | JUDICIÁRIO - Ministro Celso de Mello nega HC que tentava derrubar o site The Intercept
14/10/19, 14:47 | CONFUSÃO - Deputados que devem ser expulsos do PSL esperam Bolsonaro
14/10/19, 14:41 | POLÍTICA - PSDB diz que Weintraub é a “doença terminal da Educação no Brasil”
14/10/19, 14:36 | POLÍTICA - Crise entre Bolsonaro e PSL fortalece Maia e o Congresso
14/10/19, 13:35 | ESPORTE - Invicto, Brasil chega ao tri na Copa do Mundo de Vôlei Masculino
14/10/19, 13:30 | JUSTIÇA - Supremo julga na quinta ações sobre prisão após segunda instância
14/10/19, 13:23 | VIOLÊNCIA - Homicídios e outros oito crimes violentos caem no 1º semestre
14/10/19, 12:12 | POLÍTICA - Major Olímpio pede para Bolsonaro internar Carluxo numa clínica psiquiátrica e ameaça ir à Justiça
14/10/19, 12:00 | POLÍTICA - Ato reúne milhares na Av. Paulista: ‘Defesa da liberdade de Lula é a defesa da democracia’
14/10/19, 11:56 | MEIO AMBIENTE - Justiça responsabiliza governo federal por derrame de óleo no Nordeste
14/10/19, 11:49 | POLÍTICA - Notas fiscais provam caixa 2 para a campanha de Bolsonaro e do PSL
14/10/19, 11:45 | INVESTIGAÇÃO - Ministro manda investigar relação entre rede de fake news pró-Bolsonaro e ataques ao STF
14/10/19, 08:40 | ESCÂNDALO - Lava Jato usou denúncia do sítio contra Lula para distrair público de crise com Temer e Janot e proteger colegas pocuradores
13/10/19, 20:48 | POLÍTICA - Filho de Bolsonaro chama senador de 'bobo da corte', e este rebate: 'Moleque'
13/10/19, 16:06 | TRANSPARÊNCIA - Tribunais de Contas entram na mira de entidades do controle social
13/10/19, 15:45 | ESPORTE - Zagueiro Marquinhos reconhece atuação ruim da seleção em Cingapura
13/10/19, 15:41 | IGREJA - Dez mil brasileiros participam da canonização da Irmã Dulce
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site