CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Licença de Moro: Deputados dizem ser ilegal e pedem revogação

Parlamentares apontam o artigo 91, da lei 8.112, prevendo que licença para tratar de motivos particulares é direito apenas de servidores efetivos

09/07/19, 13:11

O

s deputados federais do PSB, Camilo Capiberibe e Gervásio Maia, protocolaram na manhã desta terça-feira (9) requerimento para que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) revogue a licença dada ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. De acordo com publicação no Diário Oficial da União, o ministro se afastará do cargo, em licença não remunerada, entre 15 e 19 de julho

O afastamento foi autorizado pelo presidente Jair Bolsonaro. “Esclarece-se que o afastamento, sem vencimentos, acontece nos termos do artigo 81, VI, da Lei 8112/90. O ministro estará de férias, e o secretário executivo Luiz Pontel responderá interinamente pelo ministério no período”, informou o ministério.

No entanto, os congressistas apontam que o artigo 91 da 8.112 prevê que a licença para motivos particulares é direito apenas de servidores efetivos.

Diz o artigo da lei: “A critério da administração, poderão ser concedidas ao servidor ocupante de cargo efetivo, desde que não esteja em estágio probatório, licenças para tratar de assuntos particulares pelo prazo de até três anos consecutivos, sem remuneração”.

“O atual ministro Sérgio Moro, como é de conhecimento público, antes de exercer a função era juiz federal, tendo pedido exoneração do cargo para exercer a função de confiança de Ministro de Estado do governo de Jair Bolsonaro. Portanto Sérgio Moro não possui mais vínculo efetivo com a União, o que inexoravelmente nos leva a conclusão que a licença deferida, por cinco dias, é irregular, devendo ser revogada, de imediato, por falta de amparo legal”, diz trecho da ação a qual o blog teve acesso.

Moro enfrenta críticas desde o início de junho, quando o site The Intercept Brasil publicou série de mensagens atribuídas a ele e ao procurador Deltan Dallagnol que indicam interferência do então juiz nna atuação do Ministério Público, o que é ilegal.

O requerimento foi protocolado nesta terça na Câmara e aguarda direcionamento ao presidente Jair Bolsonaro para deliberação.
 
Fonte: JL/Revista Fórum
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
16/07/19, 17:01 | ESCÂNDALO - ‘Motivos para Dallagnol ser preso estão dados’, diz deputado
16/07/19, 16:51 | ESCÂNDALO - Dallagnol é escrachado em anúncio sobre 'a luta contra a corrupção'
16/07/19, 16:34 | ESCÂNDALO - Conselho do MPF instaura reclamação disciplinar contra Dallagnol
16/07/19, 14:32 | DECISÃO - Toffoli suspende processos que contém dados sem autorização judicial
16/07/19, 14:27 | ESCÂNDALO - Moro chama novos vazamentos de 'ridículos' e desafia 'Intercept'
16/07/19, 14:23 | TRANSAÇÃO FINANCEIRA - Partido de Bolsonaro apresenta proposta de imposto único
16/07/19, 14:01 | DIREITOS HUMANOS - Mais de 821 milhões de pessoas no mundo passaram fome em 2018
16/07/19, 13:55 | EDUCAÇÃO - Menos da metade dos estudantes aprende sobre segurança na internet
16/07/19, 13:51 | CRIME - Operação prende 11 suspeitos de exploração imobiliária na Muzema
16/07/19, 13:00 | ESCÂNDALO - CNJ recebeu 55 reclamações contra o juiz Sérgio Moro e não fez nada para impedir abusos na Lava Jato
16/07/19, 10:17 | INVESTIGAÇÃO - Procuradoria se manifesta contra abusos de procuradores e juiz na condução da Lava Jato
16/07/19, 09:31 | ALIADOS - Governo analisa indicações para cargos comissionados no Executivo
16/07/19, 09:28 | POLÊMICA - Governo não teme judicialização da reforma da Previdência, diz AGU
16/07/19, 09:20 | MINISTÉRIO PÚBLICO - CRISE: Coordenador da operação Lava-Jato na PGR deixa o cargo
16/07/19, 09:14 | DEPOIMENTO - Ex-diretor da Odebrecht diz ter sido coagido pelo MP a construir relato no caso do sítio de Atibaia
16/07/19, 08:59 | ESCÂNDALO - Deltan cobrou jabá para a família no Beach Park e comemorou com Moro não ser investigado
15/07/19, 20:59 | CORRUPÇÃO - Dallagnol pediu a Moro dinheiro público para financiar propaganda da Operação Lava Jato na Rede Globo
15/07/19, 18:53 | ILEGALIDADES - MPF: combate à corrupção deve respeitar processo legal e liberdade de imprensa
15/07/19, 18:50 | POLÍTICA - Ciro Gomes: ‘Eduardo Bolsonaro é um imbecil, com um português muito ruim’
15/07/19, 17:42 | SAÚDE - Em 2018, mais de 20 milhões de crianças não foram vacinadas no mundo
15/07/19, 17:35 | ILEGALIDADES - Associação Juízes para a Democracia considera Lula preso político
15/07/19, 17:20 | RELATÓRIO - Brasil está voltando ao Mapa da Fome, diz pesquisadora da Abrasco
15/07/19, 17:15 | ESCÂNDALO - Clima contra Deltan Dallagnol se agrava no CNMP
15/07/19, 16:43 | ESCÂNDALO - PF deve forjar prisão de “hacker” que vai “confessar” adulteração de diálogos, diz The Intercept
15/07/19, 13:16 | CORRUPÇÃO - Lava Jato inverteu a lógica do Direito, dizem juízas
15/07/19, 13:13 | DESMONTE - Por falta de orçamento, 43 unidades da Defensoria Pública da União poderão ser fechadas
15/07/19, 12:06 | EDUCAÇÃO - Com bloqueio de verbas, universidades federais cancelam bolsas, suspendem transportes e fecham restaurantes
15/07/19, 10:24 | EDUCAÇÃO - Bolsonaro corta repasses federais para creches, educação básica, alfabetização e ensino técnico
15/07/19, 09:59 | DENÚNCIA - Dallagnol acusou Lula de ocultar triplex, e agora é pego com empresa de palestra em nome da esposa
15/07/19, 09:35 | PESQUISA - Maioria se opõe a plano de Bolsonaro para o trânsito, diz Datafolha
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site