CBN - A rádio que toca notícia

DESMONTE

Por falta de orçamento, 43 unidades da Defensoria Pública da União poderão ser fechadas

Lei que empresta servidores do Executivo Federal ao órgão perderá validade no dia 27 de julho e funcionários deverão retornar aos seus postos de trabalho originais, o que prejudicará o acesso à justiça pelos mais pobres

15/07/19, 13:13

A

Defensoria Pública da União (DPU) pode fechar as portas de 43 unidades espalhadas pelo interior do país por falta de recursos humanos. Funcionários do Executivo Federal que atuam emprestados ao órgão deverão retornar aos seus postos até o dia 27 de julho. Para não prejudicar os trabalhos prestados à população, a Defensoria pede a edição de uma medida provisória que estenda a permanência desses servidores no órgão.

Ao todo, 828 funcionários públicos foram chamados a voltar aos seus órgãos de origem e assim deixar seus postos de trabalho na DPU. Esses servidores, emprestados pelo poder Executivo, são conhecidos como requisitados e representam 63% da força de trabalho administrativa nas 70 unidades da instituição distribuídas pelo Brasil. No final de maio, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei (PL) 7.922/2014, que prevê a criação de uma carreira própria administrativa da Defensoria Pública da União, mas o PL ainda aguarda apreciação do Plenário.

De acordo com o defensor público-geral federal Gabriel Faria Oliveira, em 2016, foi editada uma medida provisória que determinou que a Defensoria Pública ficasse por três anos com os servidores requisitados. Passado o prazo, o órgão teria de devolver aos seus postos os defensores ou reembolsar o governo com um valor estimado em R$ 100 milhões ao ano. “É um valor que não dispusemos. Então, a tendência natural é que se faça a devolução desses servidores e, por consequência, nós teremos um desfalque considerável nessa força de trabalho que vai impactar certamente na quantidade, e talvez, até na própria qualidade da prestação de serviço”, explica Oliveira em entrevista à repórter Nahama Nunes, da Rádio Brasil Atual.

O defensor público federal Renan Vinicius Sotto Mayor de Oliveira, secretário-geral de Articulação Institucional da DPU, acrescenta que o fechamento das unidades afetará diretamente as pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade para as quais a Defensoria presta atendimento. “Ficará muito dificultado o acesso à justiça por essas pessoas, elas vão realmente perder esse acesso”, contesta o defensor. Segundo Oliveira, há diálogo com Executivo e Legislativo, mas ainda não se tem uma resposta definitiva. Aprovada em 2014, uma Emenda à Constituição de 1988 determinou que, até 2.022, todos os municípios que tiverem uma sede da Justiça Federal deverão ter uma Defensoria. Entretanto, de acordo com o órgão, eles estão presente em menos de 30% das cidades.
 
Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
15/12/19, 12:57 | CRIME - Nova denúncia sobre morte de Marielle deve atingir clã Bolsonaro
15/12/19, 10:21 | DECISÃO - Fachin vota pela suspensão de medida provisória que extingue o DPVAT
15/12/19, 10:11 | PESQUISA - Seis em cada dez moradores do Rio não votariam em candidato a prefeito apoiado por Bolsonaro
15/12/19, 10:08 | POLÍTICA - Bolsonaro faz um governo ruim ou péssimo na opinião de 41% dos moradores do Rio
15/12/19, 09:39 | CRIME - Apresentador Silvio Santos vai responder por crime de racismo
15/12/19, 08:54 | ESPORTE - Al Hilal vence e avança à semifinal contra o Fla no Mundial de Clubes
13/12/19, 19:05 | ESPORTE - Flamengo parte em busca do bicampeonato do Mundial de Clubes
13/12/19, 14:02 | ECONOMIA - Saque complementar do FGTS será liberado no próximo dia 20
13/12/19, 13:57 | INTERNACIONAL - Reunião mundial debate proposta do Papa Francisco por ‘economia que dá vida e não mata’
13/12/19, 13:37 | ECONOMIA - Deputado que votou e apoia Bolsonaro quer acabar com o 13º salário
13/12/19, 12:56 | OPINIÃO PÚBLICA - 33% desaprovam política de Bolsonaro para a educação, diz pesquisa
13/12/19, 12:53 | INVESTIGAÇÃO - Sem ninguém perguntar, Bolsonaro diz que ‘outras armações’ sobre caso Marielle virão
13/12/19, 12:18 | POLÍTICA - Ismar Marques coloca nas mãos do povo candidatura a prefeito de Luzilândia
13/12/19, 12:04 | POLÍTICA - Ismar Marques denuncia prefeito que constrói prédio através de ‘laranja’
12/12/19, 19:53 | CRIME - Especialistas pedem responsabilização civil por discurso de ódio da internet
12/12/19, 19:37 | ECONOMIA - Produção de ovos bate recorde e carne ‘some do prato’ do brasileiro
12/12/19, 19:30 | ECONOMIA - Bolsonaro veta distribuição total de lucro do FGTS para trabalhadores
12/12/19, 19:27 | PESQUISA - DataSenado: Redes sociais influenciam voto de 45% da população
12/12/19, 15:18 | ECONOMIA - Setor prevê fechar 2019 com aumento da produção de carne de frango
12/12/19, 14:52 | ARTIGO - “A Pirralha” e “O Pivete”
12/12/19, 14:40 | ECONOMIA - Bolsonaro sanciona lei que aumenta limite do saque imediato do FGTS
12/12/19, 14:30 | POLÍTICA - STF piorou percepção sobre corrupção com decisão sobre 2ª Instância, diz Moro
12/12/19, 12:48 | POLÍTICA - Fernanda Montenegro sobre governo Bolsonaro: “Se eles pudessem, estaríamos todos num paredão”
12/12/19, 10:20 | INTERNACIONAL - Principal porto francês de contêineres é bloqueado durante protesto
12/12/19, 10:17 | ECONOMIA - Volume de serviços tem crescimento de 0,8% em outubro, diz IBGE
12/12/19, 10:15 | CRISE - Produção de ovos de galinha bate novo recorde no país, diz IBGE
12/12/19, 09:46 | ESTUDO - PUC-MG: Pobreza no Brasil é mais grave em famílias com crianças
12/12/19, 09:40 | SAÚDE - Anvisa encontra resíduos de veneno ‘chumbinho’ na comida do brasileiro
12/12/19, 09:28 | INTERNACIONAL - COP25: Sociedade civil pede ajuda internacional para a Amazônia
12/12/19, 08:32 | POLÍTICA - Brasil é destaque no relatório de entidade internacional que monitora perseguição a estudantes e pesquisadores de universidades
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site