CBN - A rádio que toca notícia

EDUCAÇÃO

Dia do Professor: Educação enfrenta ameaças conservadoras e corte de verbas em governo Bolsonaro

Escola sem Partido, "PEC do fim do mundo" e escolas cívico-militares. Relembre os principais ataques conservadores e neoliberais do governo de Jair Bolsonaro contra o ensino público no país

15/10/19, 12:10

N
o primeiro Dia do Professor celebrado sob o governo de Jair Bolsonaro (PSL), a retrospectiva que se faz das ações do presidente e de seu ministro da Educação, Abraham Weintraub, não é das mais animadoras. O ano de 2019 foi marcado por amplos cortes nos orçamentos de universidades federais e bolsas de pesquisa, assim como o incentivo à perseguição e à censura aos mestres.

Desde o começo do ano, o MEC tem anunciado diversos cortes em bolsas de pesquisas, como as que são financiadas pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). Recentemente, por conta dos protestos contra tal medida impopular, Jair Bolsonaro (PSL) anunciou a liberação de 679 bolsas que haviam sido congeladas.

No entanto, mesmo com esse anúncio, o corte continua a atingir 7.590 benefícios, equivalente a 8% do que havia no início do ano e comprometendo o ingresso de novos pesquisadores. O CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) também enfrenta cortes e possui R$ 330 milhões de déficit em seu orçamento.

A situação da educação para o próximo ano deve permanecer na mesmice. O projeto de lei orçamentária de 2020 prevê uma forte queda dos recursos da Capes, passando de R$ 4,25 bilhões previstos em 2019 para R$ 2,20 bilhões em 2020.

Ainda, recentemente, o presidente vetou integralmente um projeto de lei que tramitava desde 2015 e prevê a exigência de prestação de serviços de psicologia e serviço social nas redes públicas de educação básica. Psicanalistas e educadores rechaçaram o veto e alegaram ser mais uma decisão de Bolsonaro contrária ao desenvolvimento da educação brasileira.

Confira mais algumas medidas do governo Bolsonaro que comprometem diretamente a qualidade do ensino público no Brasil:

PEC do fim do mundo

Outro agravante do governo Bolsonaro para a educação foi o congelamento dos investimentos no serviço público por 20 anos instituído pela Emenda Constitucional 95, conhecida como a “PEC do fim do mundo”.

Decretada em 2016, em meio ao governo de Michel Temer (MDB) e apoiada por Bolsonaro – o presidente chegou a reforçar novamente que vai manter a PEC em setembro – medida inviabiliza o Plano Nacional de Educação e a aplicação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a melhoria da educação pública.

Escolas cívico-militares

Uma das principais propostas do governo Bolsonaro para a educação, até então, é a implantação do modelo de escolas cívico-militares no estados. No entanto, medida tem sido alvo de ataque por diversos governadores, que encaram o modelo como elitista e caro para os cofres públicos, além de não prever investimentos em estrutura ou na melhoria da qualidade do ensino dos alunos.

Reportagem do jornal O Estado de S.Paulo revelou que cada aluno de colégio militar custa ao Brasil três vezes mais do que o aluno de escola pública: R$ 19 mil por aluno de escola militar e apenas R$ 6 mil para os de escolas públicas.

Escola sem Partido

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), uma das principais apoiadoras do presidente Bolsonaro, apresentou novamente este o ano o projeto da Escola sem Partido, que está em fase inicial de tramitação.

O movimento corresponde a uma das principais bandeiras do governo Bolsonaro, pois alega combater a “doutrinação” política ou ideológica, como a tal “ideologia de gênero”, que seria supostamente feita pelos docentes. Como medida, o Escola sem Partido defende atitudes como filmar professores em sala de aula.

A Câmara Municipal de Belo Horizonte aprovou o projeto nesta segunda-feira (14). Com forte presença da Guarda Civil, a população foi impedida de assistir à votação que terminou com 25 votos a favor e 8 votos contra a proposta defendida pela bancada evangélica.

Apresentado em 2017, o documento diz que “o Poder Público não se imiscuirá na orientação sexual dos alunos nem permitirá qualquer prática capaz de comprometer o desenvolvimento de sua personalidade em harmonia com a respectiva identidade biológica de sexo, sendo vedada, especialmente, a aplicação dos postulados da teoria ou ideologia de gênero”. Há um artigo específico para determinar o que um professor pode ou não pode fazer dentro de sala de aula.


Fonte: JL/Revista Fórum
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
12/07/20, 19:58 | POLÍTICA - Facebook estuda a proibição de anúncios políticos durante a campanha eleitoral de 2020
12/07/20, 18:43 | DECISÃO - CARIOCA: Flamengo vence 1º jogo da final contra o Fluminense
12/07/20, 18:39 | PANDEMIA - Público de vaquejada em Teresina (PI) foge com a chegada da PM
12/07/20, 18:22 | ENTREVISTA - Coronel da PM de São Paulo diz: Bolsonaro é "o maior erro histórico"
12/07/20, 15:28 | POLÍTICA - Com apenas 3% das assinaturas necessárias, Aliança pelo Brasil tentou filiar mortos e eleitores falsos
12/07/20, 15:15 | POLÍTICA - ‘Lava Jato teme pelo que fez no sábado à noite’, diz Gilmar Mendes
12/07/20, 15:11 | POLÍTICA - “Não estamos à venda”: Lideranças do PSL rejeitam tentativa de reaproximação de Bolsonaro
12/07/20, 14:51 | POLÍTICA - Gilmar Mendes diz que militares decidiram se associar ao genocídio do povo brasileiro
12/07/20, 13:28 | POLÍTICA - Senador ameaça sair do PSL caso partido se reaproxime de Bolsonaro
12/07/20, 13:18 | POLÍTICA - Requião: Empresas privatizadas serão reestatizadas sem indenização
12/07/20, 13:15 | PANDEMIA - 1º condenado da Lava Jato e vítima de Covid-19 morre na prisão
11/07/20, 19:03 | POLÍTICA - Ex-prefeitos escondem patrimônio para não devolver dinheiro aos cofres públicos
11/07/20, 19:01 | POLÍTICA - Ministro do TCU manda suspender publicidade do governo em sites que divulguem atividade ilegal
11/07/20, 17:33 | PANDEMIA - Prefeito de Teresina decreta luto oficial após Teresina registrar mais de 500 mortes por Covid-19
11/07/20, 17:31 | PANDEMIA - Decreto autoriza funcionamento de novos serviços a partir de segunda-feira, 13, no Piauí
11/07/20, 16:13 | MEIO AMBIENTE - Amazônia perdeu área equivalente ao dobro da cidade de São Paulo no 1º semestre
11/07/20, 15:53 | PESQUISA - 51% dos brasileiros sentem alguma insegurança para frequentar locais públicos
11/07/20, 15:42 | POLÍTICA - Jair Bolsonaro acaba quando acabarem as fake news, diz especialista
11/07/20, 15:27 | POLÊMICA - Médica Nise Yamaguchi é afastada do Albert Einstein por defender cloroquina contra Covid-19
11/07/20, 15:22 | ENTREVISTA - 'Não é culpa do Supremo que o mundo hoje olha para o Brasil atônito como tratamos a pandemia', critica Barroso
11/07/20, 15:17 | PESQUISA - 6 em cada 10 brasileiros ainda estão 'muito preocupados' com pandemia
11/07/20, 14:43 | IMPROBIDADE - Ex-prefeito de Luzilândia terá que devolver mais R$ 650 mil reais por desvio de recursos públicos federais
11/07/20, 05:35 | INVESTIGAÇÃO - Moro espionava PGR para salvar a pele de Dallagnol e da Lava Jato, diz Revista Veja
10/07/20, 16:57 | POLÍTICA - Ex-capitao do Bope diz que Queiroz é “homem do Jair”
10/07/20, 16:48 | PREVIDÊNCIA - Aposentados e pensionistas não precisam provar que estão vivos até setembro
10/07/20, 16:41 | POLÍTICA - Eduardo Bolsonaro disse em 2017 que ladrão amigo do rei vai para prisão domiciliar
10/07/20, 16:24 | EDUCAÇÃO - Secretários de Educação repudiam nomeações de Bolsonaro para o Conselho Nacional do setor
10/07/20, 16:19 | INVESTIGAÇÃO - Aras prepara equipes que serão enviadas para devassa na Lava Jato
10/07/20, 16:12 | POLÍTICA - VÍDEO: “Viva o coronavírus”, diz vereador bolsonarísta de GO em festa junina com aglomeração
10/07/20, 14:24 | POLÍTICA - Bolsonaro e filhos mentem sobre decisão do Facebook
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site