CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

Ministro do TCU manda suspender publicidade do governo em sites que divulguem atividade ilegal

Decisão de Vital do Rêgo é motivada por representação do MP que apontou anúncios da reforma da Previdência em sites infantis e de jogo do bicho. Secretaria diz que cumprirá decisão

11/07/20, 19:01

O
ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União (TCU), determinou nesta sexta-feira (10), como medida cautelar, que o governo pare de anunciar em sites que promovam atividades ilegais ou cujo público-alvo não tenha relação com as campanhas publicitárias oficiais.

A medida é motivada por representação do subprocurador do Ministério Público Federal junto ao tribunal, Lucas Furtado. Com base em reportagem publicada em maio pelo jornal "Folha de S.Paulo", ele apontou indícios de irregularidades em anúncios sobre a reforma da Previdência veiculados com recursos públicos.

O jornal informou que os anúncios foram divulgados em sites infantis, de jogo do bicho e que veiculam "fake news". A campanha publicitária da reforma da Previdência foi realizada pela Secretaria de Comunicação, à época vinculada à Presidência da República e que agora integra a estrutura do Ministério das Comunicações.

Vital do Rêgo deu prazo de 15 dias para que o governo informe os responsáveis pela campanha publicitária e o valor dos gastos.

A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) informou que vai cumprir as orientações e determinações do TCU.

Segundo a secretaria, o processo de veiculação da campanha da reforma da Previdência ocorreu de forma transparente, sem privilégios, favorecimentos ou promoção pessoal de qualquer autoridade pública. A Secom informou que vai notificar a agência responsável pela campanha para explicar, de imediato, o processo de comunicação (leia a íntegra de nota da secretaria ao final desta reportagem).

De acordo com a decisão de Vital do Rêgo, a publicação nesses sites representa "desperdício de recursos públicos".

"É inconcebível que, em um país carente como o Brasil, os escassos recursos públicos, parte dos quais destinados a campanhas informativas do Governo Federal, estejam a irrigar mídias que patrocinam atividades ilegais – ou delas se aproveitam –, como é o caso do site que divulga resultados do chamado 'jogo do bicho'", escreveu o ministro.

Nota da secretaria

Leia a íntegra de nota divulgada pela Secretaria Especial de Comunicação do Ministério das Comunicações:

NOTA

1. A Secretaria Especial de Comunicação Social do Ministério das Comunicações tomou conhecimento da decisão do Tribunal de Contas da União sobre a campanha digital da Nova Previdência.

2. A Secom cumprirá todas as orientações e determinações emanadas pelo Tribunal, inclusive com as respostas aos questionamentos e dúvidas levantadas pelo eminente ministro da Corte, Vital do Rêgo.

3. A Secom reitera a normalidade, a transparência e a lisura de todo o processo de veiculação da campanha "Nova Previdência" nos meios digitais, de maneira profissional e criteriosa. Não ocorreram privilégios nem favorecimentos e menos ainda promoção pessoal de qualquer autoridade pública.

4. De qualquer modo, a Secom notificará mais uma vez a agência responsável pela campanha, a Artplan, bem como o Google, responsáveis pelo direcionamento dos investimentos, para que expliquem de imediato todo o processo de comunicação digital. A Secom também está revisando os processos de publicidade para torná-los mais eficientes ainda.

Secretaria Especial de Comunicação do Ministério das Comunicações

Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
06/08/20, 17:00 | PROGRAMA - Agosto Lilás inicia programação sobre enfrentamento à violência contra a mulher em Teresina
06/08/20, 16:18 | PANDEMIA - Projeção para outubro: Brasil pode chegar a 200 mil mortos por covid
06/08/20, 16:13 | CRIME - Flávio pede troca de promotores na investigação da ‘rachadinha’
06/08/20, 16:07 | POLÍTICA - Bispos farão ato ecumênico virtual contra Bolsonaro no domingo
06/08/20, 07:34 | POLÍTICA - Órgão de arapongagem política no ministério da Justiça foi criado por Moro
06/08/20, 07:26 | DECISÃO - Bolsonaro sofre derrota no STF e indígenas receberão ajuda federal contra a covid-19
06/08/20, 07:18 | POLÍTICA - ELEIÇÕES 2022: Disputa Lula x Bolsonaro fará história
06/08/20, 06:43 | POLÍTICA - Bolsonaro lança ameaça de golpe e instituições se calam, diz Tereza Cruvinel
06/08/20, 06:39 | POLÍTICA - Merval já admite parcialidade de Moro e vê possibilidade de Lula se candidatar em 2022
05/08/20, 16:25 | INFRAESTRUTURA - Prefeito de Teresina se reúne com Rodrigo Maia para tratar de Programa Emergencial para o Transporte Coletivo
05/08/20, 16:19 | POLÍTICA - TSE cancela biometria e cogita divisão por faixa etária para as eleições de novembro
05/08/20, 16:16 | POLÍTICA - Eleições municipais: votação deve ser estendida em pelo menos uma hora
05/08/20, 16:08 | INTERNACIONAL - Governo do Líbano coloca em prisão domiciliar responsáveis por porto de Beirute
05/08/20, 15:38 | CRIME - Justiça decreta sequestro de R$ 11,3 milhões de Geraldo Alckmin e assessores por corrupção
05/08/20, 07:12 | PANDEMIA - Covid-19: 14 capitais apresentam nível de transparência de dados insatisfatório
05/08/20, 07:07 | PANDEMIA - Covid-19: Aplicativo vai identificar pessoas próximas que testaram positivo para a doença
04/08/20, 18:50 | INVESTIGAÇÃO - Lula vence no STF e terá acesso aos documentos da Odebrecht e delação de Palocci não pode ser usada contra ele
04/08/20, 16:31 | PANDEMIA - Cai número de internações no PI por Covid-19 em leitos clínicos, de UTI e estabilização
04/08/20, 15:59 | PANDEMIA - PMT oferece atendimento exclusivo para servidores da rede hospitalar com suspeita de Covid-19
04/08/20, 15:55 | CRIME - Criminalista quer punir fake news com multas pesadas
04/08/20, 15:49 | PANDEMIA - Prefeito de SC “prescreve” ozônio no ânus contra covid19
04/08/20, 14:27 | EDUCAÇÃO - MEC autoriza aulas a distância em escolas técnicas federais de ensino
04/08/20, 06:38 | ESTATÍSTICA - Brasil é o país com mais mortes por mês no mundo por covid no mês de julho
04/08/20, 06:35 | POLÍTICA - Queiroz diz em depoimento que deu 'satisfação' a Flávio Bolsonaro sobre 'rachadinha'
03/08/20, 23:10 | PANDEMIA - Auxílio emergencial pode ser prorrogado até dezembro
03/08/20, 23:01 | PANDEMIA - Conheça a curva de mortes por covid-19 nos 26 Estados e no Distrito Federal
03/08/20, 21:35 | PANDEMIA - Maranhão, do comunista Flávio Dino, aparece com melhor desempenho no combate à Covid-19
03/08/20, 20:25 | PANDEMIA - Prefeito de Teresina mantém suspensão das aulas presenciais por tempo indeterminado
03/08/20, 20:22 | COVID-19 - Metade das mulheres passou a cuidar de alguém na pandemia
03/08/20, 18:51 | PANDEMIA - Governo fala em estender auxílio emergencial, mas com valores diferentes
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site