CBN - A rádio que toca notícia

PALESTRA

Pandemia mostrou que o Judiciário pode mudar, diz ministra

Cármen Lúcia disse que houve crescimento do número de ações encaminhadas à Corte por causa da covid-19, entre as quais as prisões. “Aumentou a demanda e nós não podíamos deixar de atuar nem um minuto. Houve aumento [de julgamentos] do plenário virtual e de sessões de julgamentos”

29/10/20, 16:43

A
ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia disse hoje (29) que na pandemia do novo coronavírus (covid-19) o Judiciário mostrou que é capaz de mudar. Ela lembrou que o tribunal não ficou uma semana sem ter sessão, porque além de dispor de instrumentos tecnológicos, o funcionamento foi ampliado com a rapidez que o momento demandou, para dar resposta imediata.

As declarações foram dadas durante a palestra magna de abertura do Congresso Internacional da Escola Superior do IAB (Esiab), que reúne até amanhã (30) palestrantes de Portugal, Espanha e Canadá. 

Com o tema Novos rumos do Direito em tempo de (pós) pandemia, o encontro foi aberto pela presidente nacional do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Rita Cortez.

Cármen Lúcia disse que houve crescimento do número de ações encaminhadas à Corte por causa da covid-19, entre as quais as prisões. “Aumentou a demanda e nós não podíamos deixar de atuar nem um minuto. Houve aumento [de julgamentos] do plenário virtual e de sessões de julgamentos”. 

“Somos uma sociedade em que as demandas também têm uma carga, talvez, de necessidade de urgência maior do que em outros tempos. Nós vivemos um tempo de urgência. Nesse sentido, se um juiz não atua, ele é omisso”, disse a ministra. 

Ela revelou que foi contaminada pela covid-19 e se curou, mas permanece em isolamento. Cármen Lúcia disse que nos primeiros 90 dias da pandemia fez 130 audiências virtuais com advogados.

Jogo democrático

Segundo Cármen Lúcia, as regras do jogo democrático estão postas como as de um jogo de futebol, que deve ser disputado, independente do campo, conforme as regras estabelecidas. “Não pode fazer gol com a mão. Ah, mas eu não sabia jogar, então, tem que sair do campo. O jogo democrático é isso. [As regras] Estão previamente estabelecidas, mas podem mudar”, disse, completando que a comunidade jurídica tem um papel importantíssimo na experiência democrática.

“É exatamente observando as regras do jogo democrático estabelecido pelo sistema jurídico que teremos ou uma experiência em que governantes e governados, efetivamente, se submetem ao que foi posto, ou vamos ter situações nas quais há um transbordamento disso e a sociedade vive segundo o direito ou cada um vai viver segundo acha que seja o seu direito, e nessa situação teremos um caos na sociedade com gravíssimas consequências”.

A ministra defendeu a importância de reflexões sobre o direito democrático para aprimorar a área jurídica brasileira, e propôs a discussão de um novo modelo de ensino de direito no país, diante das necessidades de mudanças tanto nas ideias como nas teorias jurídicas e no Poder Judiciário. 

“A Constituição é lei do cidadão e não de governante. O governante apenas se submete a ela e, nesse sentido, precisamos pensar os próprios programas das faculdades de direito”, defendeu.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
04/12/20, 16:12 | CELEBRIDADE - Aline Riscado dá empinadinha em cenário paradisíaco e fã dispara: “Parece uma pintura
04/12/20, 15:58 | CONHECIMENTO - Brasil obtém 5 medalhas em olimpíada latino-americana de astronomia
04/12/20, 15:51 | POLÍTICA - Em três anos de ‘reforma’ trabalhista, desemprego e informalidade aumentaram
04/12/20, 15:20 | INVESTIGAÇÃO - Bolsonaro faz Receita Federal denunciar “crimes” da Rede Globo
04/12/20, 11:40 | PESQUISA - Paraná Pesquisas: esquerda unida derrotaria Bolsonaro em 2022
03/12/20, 16:38 | INTERNACIONAL - EUA têm mais de 3 mil mortes por covid em UM DIA!
03/12/20, 16:00 | POLÍTICA - Livro que aponta parcialidade de Moro na Lava Jato será distribuído para juízes
03/12/20, 15:35 | PANDEMIA - Butantan recebe 1 milhão de doses da vacina chinesa CoronaVac
03/12/20, 13:40 | PANDEMIA - Coronavac deve estar disponível em janeiro e vacinação ocorrerá mesmo sem ajuda do governo Bolsonaro
02/12/20, 12:31 | PANDEMIA - Plano de vacinação contra covid-19 terá quatro fases
02/12/20, 12:18 | POLÍTICA - Centrão e oposição assinam manifesto contra reeleição de Maia e Davi
02/12/20, 12:14 | POLÍTICA - Deputados votam crédito de quase R$ 2 bi para vacina contra o coronavírus
02/12/20, 12:02 | EDUCAÇÃO - MEC determina que universidades federais voltem às aulas presenciais
01/12/20, 18:02 | PANDEMIA - Seis milhões de pessoas pediram empréstimo na pandemia, diz IBGE
01/12/20, 15:48 | ECONOMIA - Percentual de famílias endividadas cai em novembro e chega a 66%
01/12/20, 15:47 | PANDEMIA - Com covid-19, Lewis Hamilton está fora do GP de Sakhir
01/12/20, 15:43 | IBGE - População desocupada atinge 13,76 milhões em outubro
01/12/20, 15:24 | ECONOMIA - Efeito Bolsonaro: Desemprego bate novo recorde em outubro, diz IBGE
01/12/20, 15:20 | POLÍTICA - Governo monitorou 81 jornalistas e influenciadores nas redes sociais; veja a lista
01/12/20, 15:12 | PANDEMIA - Governo só apresentará plano de imunização após aprovação de vacina
01/12/20, 15:04 | INSTITUCIONAL - Habilitações vencidas em 2020 terão um ano a mais de validade
01/12/20, 15:01 | CRIME - Atacadão, do grupo Carrefour, é condenado pela Justiça por tolerância ao racismo
01/12/20, 14:56 | POLÍTICA - Crime perfeito: empresa que contratou Moro vai levar R$ 35 milhões de Odebrecht e OAS
01/12/20, 11:09 | PANDEMIA - ONU prevê que 235 milhões precisem de assistência humanitária em 2021
01/12/20, 11:07 | POLÍTICA - Sérgio Moro vai embora para os EUA, diz Rede Globo
01/12/20, 11:03 | POLÍTICA - Bolsonaro mente ao dizer que aumento na conta de energia é para evitar apagão
01/12/20, 11:00 | POLÍTICA - Haddad: “Moro decidiu receber sua parte no golpe em dinheiro”
01/12/20, 10:57 | POLÍTICA - Moro sofre onda de críticas por atuar para Odebrecht
01/12/20, 10:54 | POLÍTICA - Congressistas têm pior resultado em eleições municipais
01/12/20, 10:52 | INTERNACIONAL - ONU vê maior crise econômica do século graças à covid
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site